https://wordpress.org/

O comitê de gestão

Guy-Hubert BOURGEOIS

Diretor Executivo

Guy-Hubert Bourgeois é um empresário nato. Em 1995, ele criou a sociedade de consultoria em TI Devoteam. A empresa entrou para a bolsa de valores em outubro de 1999, quando Guy-Hubert Bourgeois recebeu o Prêmio Jovem Diretor de Tecnologia da Informação e Telecomunicações, para coroar suas qualidades de gestor. Em setembro de 2000, ele deu continuidade à sua aventura empresarial ao fundar a HeadMind Partners, empresa independente de consultoria em gestão, que dirige desde então e que apresenta um crescimento médio de 10% ao ano.

François DESTANQUE

Diretor de Operações

Co-fundador da HeadMind Partners, François Destanque ocupa o cargo de Diretor de Operações. Mais especificamente, François é responsável pelas operações, desenvolvimento comercial e TI. Este executivo experiente já trabalhou para a IBM, Oracle e Dataverse. Ele é especializado no desenvolvimento empresarial e nas vendas das contas de grandes empresas.

Emmanuel COURTOIS
Diretor Executivo Financeiro

Maxime DE JABRUN
Vice-Presidente Executivo Mundo Cyber Risk & Security e AI & Blockchain

Marie HAIE
Secretária Executiva

Benoit TOP
Diretor Executivo Digital

Edouard CHON
Diretor Executivo Bélgica

Jean-Luc LEMIRE
Diretor Executivo Brasil

Conselho de Administração

Guy-Hubert BOURGEOIS

PRÉSIDENT

Louis BAZIRE

Louis Bazire é formado pela HEC. Em 1977 entrou para o Grupo BNP Parisbas, onde trabalhou na sede social, na rede internacional do México, Espanha no CEO da Bélgica e da Suíça. Assegurou, principalmente, a integração dos Sistemas do Banco de Investimento durante a fusão do BNP e Parisbas. Em 2007, instalou-se no Brasil, onde trabalhou como Diretor Executivo do Brasil e América Latina até 2015. Fixado em São Paulo, foi Presidente da Câmara de Comércio França-Brasil por duas vezes.

Charles BEIGBEDER

Formado pela Centrale Paris, Charles Beigbeder é Presidente-Fundador da holding industrial e financeira Gravitation SAS, que investiu, principalmente, nos campos do crescimento verde, no financiamento das Pequenas e Médias Empresas e na Internet. Charles Beigbeder é um empreendedor famoso, foi o fundador da Self Trade, em 1997, e da Poweo, em 2002. Também fez parte do Conselho Executivo e foi Presidente da Comissão Empreendedora do MEDEF, Vice-Presidente do Conselho de Vigilância da Fundação para a Inovação Política e Secretário Nacional da pedagogia da reforma do partido UMP.

Olivier DOUSSET

Em 1999, fundou o banco de negócios Dôme (que tornou-se, sucessivamente, Dôme Close Brothers, Close Brothers e DC Advisory), do qual foi diretor por quase vinte anos. Desde 2010, Olivier preside a Compagnie d’Anjou, empresa de investimento. Olivier Dousset formou-se pelo l’Institut d’Etudes Politiques de Paris e é ex-aluno da ENA.

Thierry DRILHON

Formado pela EADE Paris e Stanford, Thierry Drilhon entrou para a Cisco em 2000, da qual foi um dos principais diretores durante 12 anos: CEO França, Vice-Presidente Europeu e VP Corp. mundial encarregado de parceiras e alianças. Thierry Drilhon é um dos fundadores dos “Etats de la France”. Ex-gestor da Microsoft, ele também é membro do conselho de vigilância da Tiaré Groupe.

Francesca GAMBONI

Francesca Gamboni graduada pelo Politécnico de Milão e de nacionalidade anglo-italiana. Francesca é vice-presidente sênior da cadeia de suprimentos do Grupo Stellantis (PSA e Fiat Chrysler) desde 2016. Ela é responsável principalmente pela transformação dos processos de gerenciamento de pedidos, compras e distribuição para todo o grupo. Francesca tem mais de 25 anos de experiência na área. Ela já ocupou cargos de direção na Alcan, Renault-Nissan e L’Oreal.

Arnaud DE SENILHES

Arnaud de Senilhes est avocat. Il a notamment dirigé la pratique TMT de Price Waterhouse Coopers pour l’EMEA pendant 10 ans. Aujourd’hui à la tête de son propre cabinet d’avocats, il pratique dans le secteur des médias, notamment le cinéma où il vient de réaliser à la fois le plus important deal de financement global pour une société cotée française du domaine (600 millions de dollars) et le plus important financement total d’un « single picture » (208 millions d’euros) jamais réalisé au monde.

François DESTANQUE

Emmanuel COURTOIS

Marie HAIE

Veuillez saisir votre adresse email pour vous abonner. Envoyer